Rejeição

Olá Sandra. Meu filho foi diagnosticado com TDO, estou muito triste , pois procurei ajuda muito tarde, ele tem oito anos e já sofreu muito. As pessoas não compreende , se irritam fácil com ele, as crianças excluem ele, não brincão com ele, batem nele e tudo é culpa dele. Eu evito sair de casa, pois sempre que saio entro em conflito com alguém por causa dele. Nem vou em almoço familiar, ambientes desconhecidos, etc, por esse motivo. Ele sofre muito , pois já percebeu que é evitado. Eu e meu esposo, damos muito amor, carinho e atenção. Mas por não temos conhecimento que ele sofria desse transtorno, acabávamos corrigindo ele de maneira errada. Pois a todo estante, as pessoas "gritavam" que meu filho era mimado e mal educado por culpa nossa. Esse ano, as coisas pioraram, e ele começou dar sinais de depressão, pois falava todo estante que "ninguém gostava dele", "que os coleguinhas da escola o excluía", " que a prof. dava parabéns para todo mundo, menos pra ele" , entre outras coisas. A aprendizagem dele é excelente, nesse fator ele não tem problema. E foi assim, de tanto ouvir reclamações, percebi que ele e eu precisávamos de ajuda, pois sofro em vê-lo sendo "rejeitado" e muitas das vezes agressivo, irritado, com a cabeça doendo, pois não aceita que para o seu bem viver ele precisa compreender e respeitar as regras. Estou feliz em encontrar este site, pois irá me ajudar muito a melhorar nossas vidas. Eu amo muito ele e quero vê - lo bem. Obrigada !

paisagem