Perdi meu filho

Meu nome é Clara e eu tinha um  filho de 5 anos  que teve câncer e faleceu. Foi há dois anos e parece que foi hoje. O tempo passa e a saudade não muda. Eu cheguei a um nível de desespero enorme e confesso que senti vontade de ir embora também. Eu busquei ajuda em todos os lugares, religiões e uma delas vem me ajudando muito. Eu e meu marido conseguimos ficar juntos e nos unimos mais. Decidimos não deixar nossa relação ir embora junto com ele. Hoje estou grávida e sei que nenhum filho irá substituir outro filho, mas essa criança preencherá um pouco do vazio que sinto depois que perdi meu outro filho. Eu resolvi escrever para vocês para dizer que não percam a esperança diante dos problemas, que vocês não desistam de viver. Deus nos deu essa oportunidade de viver e de tentarmos ser melhores, então vamos aproveitar e continuar lutando. Se eu tivesse cometido aquele ato insano de me matar hoje não estaria esperando um outro filho, não estaria cheia de esperanças de novo de um futuro melhor. Deus nunca nos abandona. Vamos seguir em frente! Que Deus abençoe todos.

paisagem