Como superei minhas limitações

"Bom a minha deficiência é MIELOMENINGOCELE (má formação na coluna). Mesmo a tendo, ainda assim conseguia me locomover com próteses, passei minha infância toda com elas, posso até dizer que vivi intensamente. Mas aos 13 anos com o desenvolvimento do meu corpo não conseguia andar sozinha, ficava cansada muito rápido. E então passei a ficar mais em casa, saia apenas para o colégio. Foi um período meio traumático, não tinha amigos, estava depressiva, não tinha apoio de ninguém nem da minha família, apenas vivia por viver. Aos 17 anos, enfim, consegui uma vaga no SARAH, onde conheci a minha deficiência, as minhas limitações, o meu corpo... Eu sempre digo que lá eu conheci o MUNDO DOS DEFICIENTES, e a partir daí comecei a me aceitar de verdade. Aos 19 anos eu tive a grande chance de conhecer o Franklin que hoje é meu Técnico. Conviver com ele era tudo que eu precisava, ele foi e é o Pai que eu nunca tive, entrei no time das "Guerreiras" que era tudo pra mim, onde eu cresci verdadeiramente, tanto como pessoa e atleta.

No mesmo ano, mais uma outra Grande conquista aconteceu, entrei no "Elos da Vida", onde além de dançar, eu conheci um novo mundo de encantos, onde passei a conhecer e a respeitar varias deficiências, lugar de muita alegria, é com certeza a minha 2° casa.

Depois, mais um vez, por insistência do Franklin, comecei no atletismo, o qual eu odiava, porque não era um esporte fácil como o basquete, mas para satisfazer a vontade dele fiquei. Mas ao passar dos anos o atletismo foi me conquistando cada vez mais. De 2 dias de treino passei para a semana toda pela manha, e hoje todos os dias sendo de manha e a tarde. Hoje eu sou fascinada pela corrida. Com tanto esforço sou recordista nas minhas provas, algo que eu nunca poderia imaginar.

Ahh!!! não posso deixar de mencionar da minha MAIOR CONQUISTA, meu noivo  Régis Avelino , que vem todos esses anos lutando junto comigo em tudo. É tão lindo quando você sente que encontrou a pessoa certa... Quando você sente que as suas orações a Deus foram atendidas. Ele é a minha fonte de Felicidade.

Hoje posso dizer que eu nunca fui tão Feliz como sou hoje, e digo mais ADORO ser deficiente."


Acessem: http://www.facebook.com/fah.fonseca para conhecer melhor minha história.

 

Se você também tem uma linda história de Superação como a da Fah Fonseca, compartilhe conosco!!! Enviem-nos através do link do site: Conte sua história. Mande fotos se quiser! Não se preocupe com o português, pois elaboraremos a reportagem.

paisagem