Dúvidas

Sou mãe de dois meninos um de quinze e um de onze, sempre tive em meu coração que meu mais novo tinha um comportamento estranho sei que não podemos comparar filhos, mas sempre foi evidente a resistência de que meu filho mais novo tinha sobre regras. E também quando perdia o controle de alguma situação e se transformava, chorava, batia a cabeça no chão, e as vezes ficava agressivo. Mas ao mesmo tempo muito carinhoso comigo com o pai e com o irmão. Por pedido da escola levamos ao psicólogo quando estava com 5 anos, isso porque ele agrediu a professora da escolinha e já tinha tido várias reclamações de comportamento, birras e de não aceitar regras. Ele não teve um diagnóstico fechado, mas a psicóloga disse que ele vivia em sofrimento pois não conseguia controlar as emoções, muitas vezes depois que ele tinha os ataques ele me pedia desculpas e dizia que não queria ser assim. Tive que muda-lo de escola no terceiro ano porque ele se envolvia em confusão sempre, era muito sofrido pra mim e para pai dele. Mudamos de psicóloga e ele melhorou fez até um acordo que iria se comportar, assim não quis mais ir na terapia e hoje o maior problema é com lição, ele não gosta de fazer e dá muito trabalho. Perde a paciência quando insistimos e ainda se estressa muito quando perde em jogos, tudo com ele temos que fazer com combinados: horários de banho, de lição, de sair de casa e de voltar de algum lugar, às vezes vamos falando quando tempo falta, do contrário ele não aceita e fica nervoso. Gostaria de saber mais sobre o transtorno porque achei que se encaixa muito no comportamento dele. Teve um tempo que achei que ele tinha autismo, mas a psicóloga afirmou que não. Obrigada.

paisagem