Minha difícil caminhada.

Enfrento problemas com meu filho já fazem 5 anos, desde muito novo (três anos) começou a usar medicação para controlar seus impulsos e agressividade, mas sem diagnóstico nenhum, pois os médicos diziam que ele era muito novo. Até que no ano passado o médico decidiu usar RITALINA, foi um desastre, pois ele já tinha alguns tiques e eles só pioraram com essa medicação...decidi no fim do ano parar com tudo (risperidona, tofranil e a ritalina ja havia parado), os tiques permaneceram, e estava atrapalhando a vida escolar e social dele. Em junho resolvi voltar ao médico (neuro) começou o tratamento para eliminar os tiques e faz cerca de 20 dias começou a usar o VENVANSE 15 mg e tofranil, melhorou na escola, mas continou com seu comportamento inadequado, respondão, não aceitando ordens, sempre reclamando e brigando, sempre insatisfeito...Na verdade estou te resumindo a história, venho tentando ajudar ele levando a médicos e psicólogos, na escola me chamam direto por causa do comportamento dele, ele é muito esquecido, desleixado, perturba os demais, não para sentado na cadeira...Para almoçar é uma briga, pois come ao lado da cadeira...enfim, nessa última consulta dia 26/09 a neuro me disse que ele é hiperativo com défict de atenção e tem TDO. Sinto alívio por ter um diagnóstico, mas aflita pelo meu pequeno. Tenho medo que sofra mais, pois hoje é uma criança que todos consideram chatinho, sem respeito e o pior é ouvir ele dizer que tenta, mas não consegue se controlar, apesar de tudo isso é uma criança super carinhosa e protetora.

paisagem