A dor já está em mim

Tenho uma filha de 9 anos diagnosticada há 3 anos com TDO e TC. Minha luta com ela é diária. No momento está tomando 3 medicações e nada muda. Mudei o método da psicoterapia dela. Há duas semanas ela está sendo acompanhada por uma psicóloga que realiza a psicoterapia em Terapia Cognitivo Comportamental . Como os remédios não estão fazendo efeito vamos em outro psiquiatra para uma nova avaliação. Esse agora é especialista na área infantil . Ela já passou por 6 escolas, e em todas eram conflitos e mais conflitos. A escola do ano passado alguns pais ameaçaram tirar seus filhos da escola se minha filha continuasse estudando na mesma. Decide tirar porque não aguentava mais vê minha filha no meio dessa guerra, porque era assim que estava me sentindo. Me sentia baleada toda vez que recebia a notícia que minha filha estava sendo ofendida em grupos de watsapp desses pais. Decidi matricular ela em uma nova escola, mas antes passei toda situação, mas no primeiro dia ela teve uma crise assustadora e a escola disse que não tinha condições de ficar com ela. Hoje ela está fora da escola até sair o resultado dessas novas avaliações médicas e decidirei o que fazer com a vida escolar da minha filha. Sou mãe separada e tenho mais duas filhas. O pai delas foi embora e não ajuda em nada. Tenho que trabalhar para sustentar minhas filhas. Mas o meu sonho era poder ficar com ela na escola . Em casa as crises só aumentam e a minha dor está cada vez maior. Mas eu não vou desisitir da minha filha! Tenho minha família que me ajuda como pode e um Deus que cuida de nós.

paisagem