O que é um surto de TDO

Postado por em 10/05/2016

Para quem não nunca viu um surto de uma criança ou adolescente com TDO pode não ter ideia do que eu falo quase todo dia aqui no site. É triste para quem vê e para quem participa é desesperador. Você fala e a criança não te ouve e ao mesmo tempo ela quer agredir. Ela adquire uma força descomunal e não importa quem ou de que forma, ela não raciocina mais. Se você tiver a mesma atitude que ela, tudo piora. É como se fosse uma forma dela gritar todos os sentimentos que ela não consegue exteriorizar de outra forma.

Como mãe é difícil ver o filho surtar desta forma, por isso a sociedade precisa entender que o TDO é um problema e não falta de limites dos pais. As escolas precisam mudar seu olhar para com essas crianças, é a única forma de ajudá-las. Nós vivemos enclausurados, temos vergonha, culpa, não falamos abertamente, mas dentro de nossas casas é isso que acontece com uma criança com TDO. Quando você vê na TV aquela reportagem do adolescente que atirou em várias pessoas, provavelmente ele tem um Transtorno que não foi tratado. Muitos pais não admitem que seus filhos são nervosos além da conta, preferem fechar os olhos do que tratá-los. No futuro esse transtorno evolui para o Transtorno de Conduta e o filho vira um bandido. É preciso falar do assunto abertamente, discutir, sem vergonha. É sofrido para os pais e mais ainda para as crianças. Não é fácil para os pais se controlarem na hora do surto. O nosso lado ruim vem a tona e temos vontade de agir como a criança. Somos humanos, não somos máquinas. Ninguém tem ideia do que passamos... 

É tão solitário ter um filho com esse Transtorno... As pessoas se afastam, alguns psicólogos desistem das crianças, professores e diretores viram as costas, orgãos como Secretária da Educação dizem na sua cara que não existe solução para seu filho e devagar você se torna uma pessoa solitária. Ouço no grupo de whatsapp mães professoras desanimadas com a profissão por não terem seus filhos acolhidos pelas escolas por causa do Transtorno. Se o TDO fosse levado a sério como um Transtorno grave, poderíamos evitar que muitos adolescentes caíssem nas drogas ou virassem bandidos. Tenho certeza disso...

 

Quem sabe um dia o Governo descubra que existe esse tipo de problema e que o mesmo pode ser tratado antes da adolescência, evitando assim, consequências graves. Não precisaríamos ter no Brasil tantas Fundação Casa.

paisagem