Como a escola lida com crianças com diagnóstico.

Nome: Lucy Eliana Berni - Diretora e proprietária da Escola Jean Piaget - Localizada à Rua Luis Antonio da Silveira,  1235 – Boa Vista - Cidade: São José do Rio Preto – SP - Fone: 17 3222 2004.  

marcador 1. A Escola Jean Piaget tem vários alunos com diagnóstico, que vai desde um déficit de atenção até um Transtorno Desafiador Opositivo. Desde quando você recebe alunos com diagnóstico?

A Escola Jean Piaget está sob minha direção há 21 anos e a partir do momento que assumi a direção nunca recusei nenhum aluno que tivesse condições de aprender, independente de sua dificuldade ou classe social. A nossa missão é, e sempre será, fazer a diferença na vida desses alunos.  

marcador 2. Alunos com algum tipo de transtorno causam dificuldades para a Escola? Quais seriam essas dificuldades?

Sim, infelizmente esses alunos que tem Transtorno Desafiador Opositivo ou de Conduta, são na maioria quando em crise, muitas vezes agressivos, e sempre tem reclamações por parte de pais e alunos, mas procuramos conscientizá-los que esses alunos precisam de ajuda de todos para conseguir melhorar.

marcador 3. Como vocês lidam com esses alunos?

Na maioria das crises consigo controlar o aluno retirando-o da sala e mostrando como ele é capaz e importante para nossa escola. Com os demais pais e alunos, também conversando, pedindo paciência, pois se trata de um Transtorno, informo que o aluno está em tratamento e precisa da ajuda de todos para conseguir ser incluído na sociedade. A melhor forma é conscientizar todos ao redor da criança.    

marcador 4. O que você acha das escolas que de alguma maneira não aceitam crianças que tenham algum tipo de Transtorno?

Não posso responder por outras escolas., pois é realmente muito difícil trabalhar com crianças com TDO. Nossa escola aceita,  pois acredita na melhora desses alunos, queremos fazer a diferença na vida deles, isso nos faz bem. “Desacreditar na capacidade de aprender da criança é desacreditar na própria capacidade de ensinar.”   

marcador 5. Você e os professores desses alunos compartilham informações com os profissionais que tratam essas crianças?

Sim, oferecemos total abertura a esses profissionais, pois só o trabalho em equipe  (escola, profissionais e família), podemos ter sucesso.

marcador 6. Deixe uma mensagem para as mães que tem filho com Transtorno Desafiador Opositivo:

Não desistam de seus filhos, vocês não estão sozinhas! Vamos juntas vencer essa luta!  “Amor de mãe é o amor que fica, o amor que permanece mesmo quando os outros vão embora, sobrevive a qualquer adversidade, não há distância capaz de modificar sua intensidade.” 
paisagem